Mano Teko em ação!

11/09/2008 | comentários: 3
Quem está se organizando para participar do Festival de Rap no Amarelinho/Acari em Novembro segue o relato do Mano Teko sobre a reunião que deu início ao projeto.

Fique atento, pois em breve estaremos nos aprofundando sobre este evento. Quem quiser participar ou saber mais informações por favor deixar recado e email de contato.



Mano Teko e Deley de Acari

A reunião começou já era quase 20hs. Antes, porém Mc Alex e eu conversávamos a respeito do que iríamos falar, enquanto os bondes e várias meninas se organizavam dentro da quadra do Amarelinho. Foi me pedido que representa-se a APAFUNK e explica-se, o que é a associação e seu interesse. A roda de funk no dia 19/10 e o festival de FUNK nas comunidades do Amarelinho e Acari.

Antes mesmo de entrar com Alex, Mc Sinistro (Sinistro e Mião) nos surpreende. Passava por ali de bicicleta e parou pra nos cumprimentar. Mas foi imediatamente convocado a participar da reunião.

Chegando lá dentro encontrei cerca de 60 ou 70 crianças e adolescentes, aguardando em silêncio o que estava por vir. Pra minha surpresa, pois esperava aquela algazarra típica dos mais novos.

Alex começou me apresentando e falando sobre o FUNK. O que eles esperavam conseguir, que o caminho não são de flores. Citando exemplos de amigos MC’s.

Aí passou a bola pra mim.

Desde já até agradeço a APAFUNK pela oportunidade. Era um sonho fazer algo do tipo e hoje já é uma realidade. E logo no Amarelinho, onde eu comecei a curtir baile de comunidade. Saia às 3hs da manhã sozinho e voltava andando pra casa, pois não tinha ônibus e meus colegas do asfalto tinham medo de subir a ladeira. Neste mesmo lugar, a Força do Rap me deu oportunidade de cantar na festa que eles organizaram. E eu, nem rap tocando em rádio tinha. (dessa mesma forma contei a eles)

Com ajuda do nosso amigo DELEY, disse a eles o que é a APAFUNK e seus interesses. Que queremos mostrar passo a passo como funciona o movimento hoje. Direito Autoral, Direito de imagem, Shows, Contratos,...

E a grande importância de serem os pioneiros nesse projeto, pois será exemplo pra outras comunidades onde serão realizadas o mesmo festival.

Falei das regras, mas acho que tem que se falar mais. E o Alex sugeriu que fosse colocada duas ao invés de três músicas. Vi a presença boa de bondes, mas mc nenhum. O que de certa forma não me estranha, pois sabemos a dificuldade que se tem hoje. Deve-se insistir no mc, o rap. Vejo que isso vai ter que ser garimpado. Falei até aos compositores dos bondes que podiam fazer algo a parte nesse sentido, tipo concorrer em duas categorias.

Me chamaram a atenção, que ainda faltava muitos bondes. Mas acho que a notícia irá se propagar naturalmente. Falei da roda do dia 19/10 e pedi a presença de todos que irão participar do festival pra se falar mais a respeito. Não vou me prolongar mais.
Mas quero mais uma vez agradecer a oportunidade.

Ao amigo DELEY pela moral, tem se mostrado grande amigo.

E destacar o trabalho realizado pelo amigo ALEX MC. Fiquei muito impressionado com a quantidade de meninas presentes, todas do projeto social que ele realiza na comunidade. O que eu acho que a APAFUNK pode levar a comunidade, ele já iniciou. Acho que a escolha da comunidade não poderia ter sido melhor.

VAMOS Q VAMOS Q O SOM NÃO PODE PARAR!!!!!

(Créditos texto: Mano Teko)