Fundação da APAFUNK

18/12/2008 | comentários: 11
Baseada nas idéias do MC Leonardo:

"Já me falaram várias vezes que a unificação não daria certo e que já houve várias tentativas, mas ninguém trouxe uma alternativa. O funk precisa de união para ser mais reconhecido e valorizado. Enquanto o axé, por exemplo, consegue patrocinadores para os eventos, o funk não pode, porque não é reconhecido como patrimônio musical e nem cultural. Com a associação nós vamos regularizar a situação dos DJs, do plágio, limites para a pornografia. Um baile com o logotipo da APAFUNK será respeitado", explica o MC.

De agora em diante os profissionais e amigos do funk de todo o Brasil terão uma associação para defendê-los.

Foi fundada no dia 10/12/2008 no SEPE, Centro do Rio de Janeiro, a Associação dos Amigos e Profissionais do Funk (APAFUNK), com a presença de mais ou menos 50 pessoas envolvidas direto ou indiretamente no movimento. Um dia histórico para a categoria!

Deley de Acari, ofereceu a associação um Estatuto que seguirá como base para as demandas, Guilherme Pimentel o jurídico do grupo, incumbiu-se da leitura do mesmo e algumas poucas alterações serão implementadas. Todos presentes (sócios-fundadores) concordaram com os termos. Uma cópia do Estatuto será enviada a cada potencial associado.

Depois de tudo resolvido, decidimos que as diretorias seriam formadas por associados presentes eleitos em Assembléia extraordinária que aconteceu no mesmo dia. Seguem os diretores e seus respectivos cargos:




Pingo, Mano Teko, Leonardo, Alex, Liano, Tiana e Wandinho



Presidente
: MC Leonardo

Vice Presidente: Mano Teko

1º Secretário: MC Pingo

2º Secretário: MC Tiana

1º Tesoureiro: MC Alex

2º Tesoureiro: MC Wandinho

Conselho Fiscal: DJ Marcelo Negão, MC Lasca e MC Liano

Agora é começar o trabalho a favor do funk, lembrando que ainda estamos esperando a votação da Lei que definirá o funk como Movimento Cultural.

Interessados em participar da APAFUNK, por favor deixar um email para contato.