Números de um fenômeno da musica

16:40



O sucesso indiscutível dos bailes funk leva os organizadores da festa hoje no Maracanãzinho a esperarem por um publico de pelo menos, 20 mil pagantes. Os ingressos para arquibancada custam CR$2.000 e, para pista, CR$3.000 a Polygram e as equipes de som investiram CR$12 milhões no vento.

Quando o assunto é funk, principalmente na periferia do Rio de Janeiro, os números grandiosos tornam-se comuns. DJ Marlboro conta que conhece, “cadastradas cerca de 470 equipes de som que se apresentam todos os fins de semana. Mas este numero deve ser pelo menos duas vezes maior”.

Manequinho de Botafogo, Beija Flor de Nilópolis, Vila Olímpica de Niterói, recreativo Caxiense e Heliópolis são alguns dos lugares onde todo fim de semana bailes reúnem mais de 10 mil pessoas.
“Os bailes de 500 pessoas são considerados fracos, mas ele é um numero excelente para as boates da moda”, atira Marlboro.
Ele calcula que aconteçam no Grande Rio 800 bailes por fim de semana, com uma media de 2000 frequentadores.

As grandes equipes de som tem equipamento suficiente para fazer três bailes simultaneamente. As tradicionais, com o Soul Grand Prix, a mais antiga, com 20 anos de existência, ou a Cash Box, levam um baile cerca de 60 caixas de som e 10 amplificadores, além de imprescindíveis mixer, equalizador e dois toca-discos. Ninguém fala claramente sobre o dinheiro que uma equipe pode arrecadar nos bailes que acontecem toda sexta, sábado e domingo.
“É um trabalho incerto. As equipes podem ganhar dinheiro em um fim de semana e perder no outro, se, por exemplo, cair um diluvio, num fim de semana em que tudo de certo uma equipe pode faturar CR$ 1 milhão”, diz Marlboro.
Como todo jovem comum, os fãs de bailes funk andam em grupos. A diferença é que  nos bailes os grupos, ou galeras, podem ter até 600 pessoas.
“No Maracanãzinho vamos entregar troféus as maiores galeras. Das que já se inscreveram nenhuma tem menos de 200 pessoas e a galera do Campinho vai levar 600 a festa”, conta Marlboro.
"Se você e/ou sua empresa possui os direitos de alguma imagem/reportagem e não quer que ela apareça no Funk de Raiz, por favor, entrar em contato. Serão prontamente removidas."

You Might Also Like

0 comentários

- Não serão aceitos comentários anônimos ou assinados com e-mail falso.

– Serão, automaticamente, descartados os comentários que contenham insultos, agressões, ofensas e palavras inadequadas.

– Serão excluídos, igualmente, comentários com conteúdo racista, calunioso, difamatório, injurioso, preconceituoso ou discriminatório.

– Os comentários publicados poderão ser retirados a qualquer tempo, em caso denúncia de violação de alguma das regras acima estabelecidas.

Like us on Facebook

Flickr Images

Frases