A volta por cima em grande estilo

23:44

MC Buchecha, que fez história no funk com seu ex-parceiro Claudinho, ressurge no mercado e promete brilhar ainda mais

Claucirlei Jovêncio de Souza ,mais conhecido como Buchecha, é hoje umas das referências em termos de funk melody. O artista , que juntamente com seu inesquecivel parceiro Claudinho, foi um dos representantes mais bem-sucedidos de um movimento social que mobilizou diversos subúrbios cariocas nos finais de semana. Lamentavelmente a dupla não conseguiu seguir juntos o estrelato, já que em 2002 Claudinho foi vítima de um acidente de carro, deixando toda a massa funkeira orfã. Mesmo abalado e com apoio de amigos , de seus milhares e de fãs espalhados pelo país a fora, Buchecha teve forças suficiente para superar essa perda e seguir em frente a fim de levantar a bandeira de sua música, que continua marcando gerações.

Antes de despontarem para a fama, Claudinho e Buchecha trabalharam como ajudantes de obra e office - boys. Mas a música sempre foi o sonho desses dois jovens. Foi assim desde que os dois ganharam um festival de música, em 1993, com o rap "Bandeira Branca". Dois anos depois, Rap do Salgueiro deu mais um prêmio a dupla e, com a execução maçiça nas rádios, um público maior começou a se interessar pelo trabalho dos dois. Outros hits vieram (Carrossel de Emoções, Barco da Paz, Nosso Sonho) até a estréia em disco, que, produzido pelo "midas" Memê Mansur, trazia uma versão de Tempos Modernos, de Lulu Santos, e Conquista, que projetou a dupla nacionalmente.

Criada no funk e no rap, a dupla optou por sua vertente mais romântica e comercial, o funk melody, em que refrões assobiáveis, batidas malemolentes e versos repletos de juras de amor inspiram jovens a entoar as músicas enquanto ensaiam passinhos sincronizados. O sucesso aumentou consideravelmente quando A Forma foi lançado em 1997. Com uma produção mais bem cuidada, videoclipes sofisticados e aparições em todas as emissoras de TV, os cariocas emplacaram sem problemas a faixa-título, Quero Te Encontrar e a versão de Uma Noite e Meia, de Marina. Só Love (também nome do terceiro CD), Xereta e Beijo na Boca mantiveram a dupla no topo das paradas nos anos seguintes.

Mas o destino quis assim e Buchecha continua com sua estrela brilhando. Atualmente ele está em franca divulgação de seu segundo CD solo e seu primeiro acústico. Uma mistura da batida funkeira com acordes de violão faz parte desse maravilhoso trabalho. O novo álbum do cantor é baseado em antigos sucessos cantados com seu ex-parceiro Claudinho como Só Love, Nosso Sonho e Fico Assim sem você. O Cd conta também com as participações de MC Sabrina, em Implacável, com Lulu Santos, a antológica Quero Te Encontrar & MC Marcinho Luminosa.
Numa entrevista franca e direta Buchecha conta como fez para superar todas as perdas que teve na carreira e sua volta por cima na música. Veja, abaixo, a matéria completa !

Entrevista publicada no dia 01/10/2007

1) Qual o balanço que você faz desses 11 anos de carreira ?
É um balanço muito positivo, apesar de todas as dificuldades que passei. Tive conquistas maravilhosas e fico feliz por ter chegado até aqui.

2) A morte do seu parceiro Claudinho em 2002 deixou uma lacuna muito grande no funk melody. Como você encontrou forças para superar esse momento e poder tocar sua carreira pra frente ?
Me apeguei a Deus. Parei para refletir sobre tudo o que aconteceu e recebi apoio da família da família e dos amigos. Os fãs também foram muito importantes para mim.

3) Em 2003 quando você voltou aos palcos com o primeiro trabalho solo, sua carreira não teve tanta repercussão como era na época que atuava junto com Claudinho. Isso em algum momento te desanimou e fez com que você pensasse em parar de vez ?
Eu pensei em parar, mas não por este motivo. Só queria dar continuidade ao meu trabalho, mas a falta que o Claudinho fazia ainda era muito grande.

4) Atualmente você retorna a mídia com um trabalho acústico pela Sony. Fale pra gente um pouco mais sobre esse novo CD.
Sou suspeito, mas o CD Acústico é um dos melhores que já ouvi. Além disso, tem as participações geniais de grande artistas da música como Lulu Santos, Latino, Ms Marcinho e Mc Sabrina.

5) Foi difícil, emocionalmente, regravar canções que marcaram a carreira, quando Claudinho era seu parceiro ?
Não, foi uma forma musical de homenageá-lo. Essa fase de dificuldade já passou.

6) Em falar em regravações, Kid Abelha e Adriana Calcanhotto deram uma nova roupagem a 2 grandes sucessos de vocês. O que achou dessas versões ?
Na verdade essas regravações foram um presente para mim. São dois ícones da música brasileira e mandaram super bem, simplesmente adorei.

7) Qual foi a sensação de participar como convidado especial do DVD da cantora Ivete Sangalo que está batendo recorde de vendas ?
Pois é, eu sou muito sortudo. Grandes ídolos da música nacional têm me deixado de cara para o gol. Participar do DVD da Ivete, ainda mais no Maracanã, é igual aos mil gols do Romário.

8) Como você está vendo o mercado do funk melody atualmente e quais são seus próximos projetos dentro da música ?
O bagulho ta bombando. O funk está surpreendendo cada vez mais e superando limites. Isso é só o começo.

9) Quais seus próximos projetos dentro da música ?
Ao final do ano vou lançar meu CD inédito. Pretendo gravar no ano que vem meu primeiro DVD e quero continuar fazendo shows em todo o Brasil.

10) Deixe um recado final para todos os seus fãs pelo país a fora que apreciam seu trabalho desde longa data.
Primeiro, obrigado! Quero dizer que “tamos” juntos, sempre!!! Vocês são a minha riqueza! É só love!!!!

http://www.buchecha.com.br/

Créditos: http://www.mvhp.com.br/

"Se você e/ou sua empresa possui os direitos de alguma imagem/reportagem e não quer que ela apareça no Funk de Raiz, por favor entrar em contato. Ela será prontamente removida".

You Might Also Like

0 comentários

- Não serão aceitos comentários anônimos ou assinados com e-mail falso.

– Serão, automaticamente, descartados os comentários que contenham insultos, agressões, ofensas e palavras inadequadas.

– Serão excluídos, igualmente, comentários com conteúdo racista, calunioso, difamatório, injurioso, preconceituoso ou discriminatório.

– Os comentários publicados poderão ser retirados a qualquer tempo, em caso denúncia de violação de alguma das regras acima estabelecidas.

Like us on Facebook

Flickr Images

Frases