MCs Jr. e Leonardo "Realidade em Discussão".

18:25

“Dizem que a bala é perdida... Mas quem tá perdido é a gente,
Salve-se quem puder... Porque no Rio o chumbo é quente.”


Com a estrofe da música Rio Chumbo Quente, os irmãos e Mc´s, Júnior e Leonardo - o primeiro morador da Rocinha - confirmam o medo, a insegurança e o fogo cruzado, entre bandidos e policiais que vive toda a sociedade. A composição foi feita especialmente para o filme “Bope – Tropa de Elite” que está em fase de edição. Eles foram convidados para fazer a trilha sonora e atuar como os próprios Mc´s. A inspiração não poderia ser diferente, veio do local das gravações do longa-metragem: "Assim que entrei no local da filmagem, eu já pensei na letra", diz Mc Leonardo.

A música chama atenção para questões importantes e levantadas principalmente nas comunidades, como o veículo blindado do BOPE ( Batalhão de Operações Policiais Especiais), conhecido como o Caveirão e os policiais militares, treinados para deixar corpos no chão:

"É um absurdo dentro do Rio de Janeiro, a gente ter que concordar que ele (caveirão) se faz necessário. Ele se faz necessário para apaziguar no caso da polícia ficar em situação de acuamento, de cerco, dentro das comunidades. Mas como não são treinados para esse tipo de combate, mostram que são treinados para deixar corpo no chão. É um grupo de extermínio legalizado que sai com disposição para matar. Queremos fazer as autoridades entenderem que não pode combater crime com crime", diz Mc Leonardo.

Os MCs não temem serem mal interpretados pelo tráfico nem pela corporação militar, e deixam claro que a música retrata o que vivem no dia-a-dia: "Os próprios traficantes e policiais sabem do que estamos falando. A Secretaria de Segurança Pública trata a violência de uma forma que os policiais e os traficantes vêem isso (se referindo a troca de tiros) como uma guerra particular”, afirma Mc Júnior.

Ao serem perguntados se é difícil falar de assuntos tão sérios nos bailes funks, os Mc´s respondem que sabem o papel que lhes cabem: "O funk tem a responsabilidade triplicada de falar da realidade, principalmente por sair de onde sai. Nós temos que colocar na hora do divertimento assuntos sérios, só no Rio somos 3 milhões de funkeiros e na verdade tem muita gente esperando que ele (funk) fale sério. Porque não usá-lo como meio de comunicação no Rio?", questiona Júnior.

Os menores de idade retratados como os “despreparados” para enfrentar a polícia e outras facções criminosas, além dos armamentos pesados, utilizados pelo tráfico, são outros fatores citados na música. De acordo com os Mc´s ela foi feita para ser ouvida por todos que convivem com tais realidades: o vizinho e a molecada de 10, 14 anos. "Mas se atingir outras “tribos” que entendam o que queremos dizer, é recompensador", diz Mc Leonardo.

A dupla completa mais de quinze anos de carreira e na década de 90 fez sucesso nos bailes funks com o Rap do Centenário, sobre o time de futebol flamengo “vai flamengo, balança a rede do adversário” e o Endereço dos Bailes: “ Peço paz para agitar, eu agora vou falar o que você quer escutar, se liga que eu quero ver, o endereço dos bailes eu vou falar para vocês”. O que pretendem continuar produzindo são músicas conscientes, que retratem os problemas das comunidades e a realidade que eles vivem.

"A gente não levanta a bandeira particular de ninguém. Nós estamos levantando a bandeira de todo mundo", afirmam os Mc´s. Para os leitores, colocamos a letra na íntegra:

Rio Chumbo Quente ( Mc Júnior e Mc Leonardo)

Infelizmente já morreu muito inocente
Nessa guerra deprimente
Onde reina a lei do cão

A decisão para combater vagabundo
Prejudica todo mundo quando é o caveirão
Os Caveiras são treinados para deixar corpo no chão
Os Bandidos sabem disso e trocam tiro de montão

Dizem que a bala é perdida
Mas quem tá perdido é a gente
Salve-se quem puder
Porque no Rio o chumbo é quente

E facilmente várias armas e vários pentes
De calibres diferentes vêm chegando no morrão
Vem munição de toda parte do mundo
Vários tiros por segundo
Lança míssel, granada e rojão
“Pros” menores despreparados cheios de disposição
Para enfrentrar a polícia e o bandido alemão
Traficantes, Governantes, por favor pensem na gente
Salve-se quem puder
Porque no Rio o chumbo é quente.

(Creditos: Site Viva Favela)
  • Ouça o Rap das armas

http://www.4shared.com/file/33461234/6d340c6c/Junior_e_Leonardo_-_Rap_das_armas.html?dirPwdVerified=1fd38dc7


"Se você e/ou sua empresa possui os direitos de alguma imagem/reportagem e não quer que ela apareça no Funk de Raiz, por favor entrar em contato. Ela será prontamente removida".

You Might Also Like

0 comentários

- Não serão aceitos comentários anônimos ou assinados com e-mail falso.

– Serão, automaticamente, descartados os comentários que contenham insultos, agressões, ofensas e palavras inadequadas.

– Serão excluídos, igualmente, comentários com conteúdo racista, calunioso, difamatório, injurioso, preconceituoso ou discriminatório.

– Os comentários publicados poderão ser retirados a qualquer tempo, em caso denúncia de violação de alguma das regras acima estabelecidas.

Like us on Facebook

Flickr Images

Frases