‘Furacão’ leva a paz ao rap

17:15


Rômulo Costa prega religião aos fãs rebeldes da “Furacão 2000”



Amansar ovelhas perdi­das do rebanho funk tem sido uma das metas de O melhor da Furacão 2000, o programa de maior audiência da CNT. E não é que tem mimo funkeiro rebelde por aí se convertendo ao Evangelho pelo apre­sentador Rômulo Costa?


Sinto­nize a CNT neste sábado a pariir das 12h: em meio às apresenta­ções da parada dos raps no palco e da dança da bundinha na plateia, o produtor e apresentador que há quatro anos é membro da Igreja Universal do Reino de Deus, começa a pregar.

Inicialmente, ele critica a vio­lência e prega a paz entre a galera dos bailes funk que está em casa. Quando os sangues ruins estão de ouvidos e olhos atentos, vem o sermão evangélico. Embora o Furacão 2000 não faça parle da programação de programas reli­giosos exibidos na TV, seu apre­sentador garante que a doutrina­ção tem dado bons frutos.

O dono da Furacão 2000 atesta a conversão de muitos deles, apesar da rebeldia característica dos jovens. É difícil de acreditar, mas em alguns casos os violen­tos viram obreiros e até pastores da Assembleia de Deus.
"Quem quer brigar é porque tem um conflito no seu dia-a-dia e merece ser ajudado", acredita Rômulo.
O contato direto com desnorteada do movimento funk fez Rómulo notar entre eles uma tolal desvalorização da vida.

"Muitos chegam a dizer que se a morte chegar para eles é lucro, pois não têm na da a perder”.

Como alternativa, o rap oferece uma nova perspectiva profissional para os jovem dos morros.

"Hoje. O MC (Mestre de Cerimônia, cantor ou apresentador dos bailes) é uma profissão que proporciona bens como casa própria, telefone celular e até muitas namoradas. Coisas que antes só os traficantes dessas localidades obtinham", explica.

Romulo está preparando al­guns funks evangélicos para exe­cutar em seus programas, como o Jesus Cristo é sangue bom, mas não quer ficar só na teoria. Dia 6 de setembro, ás I6h, ele vai esti­mular a galera a doar sangue, em uma campanha lançada nas esca­darias da Câmara dos Vereado­res, com a participação de vários políticos.

 "Faremos um show de rap e pediremos que as pessoas doem sangue para o Instituto de Hematologia e para a Casa do Hemofílico", anuncia.

Créditos: Vera Jardim – Jornal do Brasil / 1995

"Se você e/ou sua empresa possui os direitos de alguma imagem/reportagem e não quer que ela apareça no Funk de Raiz, por favor entrar em contato. Serão prontamente removidas".


You Might Also Like

0 comentários

- Não serão aceitos comentários anônimos ou assinados com e-mail falso.

– Serão, automaticamente, descartados os comentários que contenham insultos, agressões, ofensas e palavras inadequadas.

– Serão excluídos, igualmente, comentários com conteúdo racista, calunioso, difamatório, injurioso, preconceituoso ou discriminatório.

– Os comentários publicados poderão ser retirados a qualquer tempo, em caso denúncia de violação de alguma das regras acima estabelecidas.

Like us on Facebook

Flickr Images

Frases