A cada homem que amo, te amo!

27/08/2009 | comentários: 0
Na calçada da Av. Brasil, em frente a rua souza, 23 de agosto,lá pelas duas da manhã, bati de frente com um pm que há muito quer a minha morte. de dentro da viatura ele empunhou a pistola e mirou no meu peito. Antes que apertasse o gatilho, o motorista pisou no acelador e ele errou o tiro. Se tivesse acertado, nem assim teria conseguido arrancar do meu coração todo ódio revolucionário que nútro por ele, como nunca pensei odiar um homem na vida!

Nem tive tempo de sentir medo da morte. Só tristeza diante a eminência de morrer sem poder dizer a cada homem que amo: Eu te amo!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Tío Astrogildo, Tio mais velho,

comunista, exfuncionário civil da Aeronáutica,

Te amo!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Eu te amo!

Éle Semog, poeta, militante negro!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Eu te amo!

Hélio de Assis, poeta, animador cultural!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Eu te amo!

Henrique Malaquias, líder comunitário de acari!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Eu te amo!

Marcelo Freixo, militante de direitos humanos!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Eu te amo!

Wesley Delírio Black, rapper, vedeoasta!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Eu te amo!

Maurício Campos, militante de direitos humanos!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Eu te amo!

Capilé de Acari, ex-chefe do tráfico na favela de acari!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Eu te amo!

Zé Luis do Maicon, militante de direitos humanos!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Eu te amo!

Willian do Timbau, sóciologo, morador da maré!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Eu te amo!

Mardonio do MST, um dos líderes do Movimento Sem Terra!

A CADA HOMEM QUE AMO, TE AMO!

Homem que amo, como se fruto do mesmo

ventre fossemos, não tenho medo da morte,

só quero viver o bastante pra te dizer:

Cada homem que amo quanta vontade tenho

De continuar vivo um pouco mais a cada dia

E continuar vivendo a ternura, a gentilisa

o carinho... desse amor que mim me retribuem

como se frutos fossemos do mesmo ventre

de nossas mães, uma só MÃE!

Créditos: Deley de Acari - http://www.deleydeacari.blogspot.com/


"Se você e/ou sua empresa possui os direitos de alguma imagem/reportagem e não quer que ela apareça no Funk de Raiz, por favor entrar em contato. Ela será prontamente removida".