MC Xandinho Guerreiro

05/08/2008 | comentários: 0

Sua carreira começou no começo dos anos 90 quando foi chamado para ser representante de galera no concurso da Furacão 2000 no clube Ginásio do Madureira. Dois anos mais tarde, era um dos nomes mais conhecidos no backstage dos concursos, chamou a atenção de vários MC's e virou a "ponte" entre eles e os Festivais de Raps, alguns conhecidos até hoje como, Robinho "Rap da Serrinha/Cajueiro/Parada de Lucas", Magic "Rap do Cajueiro/Rio Comprido/Dende", Goró e Ricardo "Rap da Congonha/Cajueiro/Vaz Lobo e Tie e Playboy "Rap do Penhão/Vaz Lobo/Cajueiro".

Lançou a montagem "Bonde guerreiro que luta pela paz, Cajueiro violência nunca mais", produzida por Jaime DJ (Furacão 2000) e ganhou a etapa do Rap pela equipe Ric Sound:

"Sonhei com a letra do rap do Cajueiro duas noites seguidas, chamei meu primo Ricardo (na época parceiro de Goró), para cantarmos juntos mas ele não aceitou, então segui meu caminho sozinho."

Xandinho foi convidado pela equipe Pipo's para uma apresentação em Vaz Lobo, o DJ na ocasião era Magal e como presente gravou seu show em MD. Seu destinho estava traçado e com este "empurrãozinho", decidiu divulgar seu rap. Foi em Padre Miguel que tudo começou a melhorar, lá entregou o MD ao DJ Marcelinho que passou a tocá-la nas Rádios Imprensa e Popular FM.

Em 1995, ficou em 4ºlugar com o "Rap da Xuxa" e um ano depois gravou a montagem "Cajueiro, Faz Quem Quer e Vaz Lobo", tocada nas equipes e vários programas de rádio, virou tema de abertura da equipe "Disco Dance" no complexo de Madureira e começou viajar por todo Rio.

Tudo corria muito bem, shows, entrevistas em rádios, jornais e participações em alguns programas até que uma desgraça aconteceu em sua vida. Acostumado a levar fogos para os bailes, foi confundido com fogueteiro do morro do Cajueiro quando a polícia bateu em sua casa. Xandinho viveu os piores dias da sua vida, passou 6 meses na prisão e com o testemunho de Romulo Costa, foi inocentado e solto.

Determinado e com muita vontade de voltar aos palcos, fez mais uma montagem e mais uma vez alcançou o sucesso. A montagem foi faixa do CD "The Best of Furcão 2000", record de vendas produzido pelo Dennis DJ. Cabeça erguida e de volta as paradas de sucessos começou a fazer várias apresentações com a Furacão 2000. Formou uma dupla com Risadinha fizeram o "Rap da Fucacão 2000", a música ficou em 1º lugar na programação da equipe e participou da segunda versão "The Best of da Furacão 2000" e do CD "Caravana da Verônica Costa.

1999 resolveram desfazer a dupla e Xandinho continuou em carreira solo, cantando e representando as galeras, ganhou 6 etapas consecutivas e foi eleito o melhor representate dos concursos da Furacão 2000.

"Mesmo passando por todos os percalços, sempre quis dar o exemplo e cobrava isso aos componentes das galeras que representei. Tenho muito orgulho por ter sido o único representande a ganhar 6 etapas consecutivas".

Com muitos shows por todo o Brasil, gravou a música "Come Quieto", faixa do CD "Zueira Funk 2" FM O Dia e fundou o Bonde dos Atrevidos, fazendo várias apresentações durante 6 anos, o grupo mudou seu elenco em 2003, só Xandinho permanceu.

Sozinho novamente, Xandinho fez uma aparição no programa do Gugu junto à Márcio G e em 2008 lançou a montagem "Sentado ou em pé" sucesso nas rádios Jovem Hits, 98,5 e 97,7 FM e 1º lugar no site http://www.porradao.net/ , como a música mais baixada. Confira!!!

Quer contratar Xandinho? Entre em contato.

ID 23*53933 / 45033*14 - (21) 8601-5051 / 8781-3826